As Leituras do Corvo :: Paixão Escura (Gena Showalter)

As Leituras do Corvo

paixaoescura.jpg
Durante semanas, a presença invisível que parecia acompanhar os seus movimentos disse a Aeron que alguma entidade fora enviada para o eliminar. Mas quando essa figura se materializa na forma de Olivia, que afirma ter caído dos céus por se ter recusado a magoá-lo, Aeron tem dificuldades em acreditar. O problema é que o seu demónio – e também uma parte de si mesmo – tem uma opinião bem diferente. Agora, e ao mesmo tempo que ele e os seus amigos têm de lidar com a sempre mutável ameaça dos Caçadores, Aeron tem de encontrar uma solução para o problema que é ter Olivia na sua vida, ciente de que não lhe resta muito tempo e que todos os acordos possíveis implicam perdê-la…
Para quem acompanha esta série desde o início, não será surpreendente que, mais uma vez, o romance e a sensualidade tenham o protagonismo ao longo de grande parte da narrativa. É a evolução da relação entre Aeron e Olivia o foco central da história e é também esta dupla a proporcionar os melhores momentos de todo o livro, não só a nível de crescimento da atracção, mas principalmente na evolução dos afectos, culminando numa fase final onde o tal amor que é protagonista se revela de uma forma particularmente intensa, tendo como força essencial o espírito de sacrifício. Mas nem só de emoção e de atracção vive o enredo romântico e os óbvios contrastes entre a natureza dos dois protagonistas servem também para criar alguns agradáveis momentos de humor.
Também interessante na relação dos protagonistas é a forma como esta permite inserir novos elementos ao sistema dos Senhores do Submundo. Há novas revelações a ocorrer sobre os Caçadores – e é Olivia enquanto ente invisível que teve os meios de obter a informação. E há ainda o papel da própria Olivia enquanto anjo caído a servir de base para explorar um elemento até então pouco desenvolvido – a hierarquia celestial e a Única Divindade Verdadeira. Fica, neste aspecto, a impressão de algo por dizer, já que a história do anjo Lysander (referida várias vezes ao longo do livro) é contada na novela "The Darkest Angel". Fica, pois, a sensação de alguns elementos que soariam menos estranhos com uma leitura prévia dessa novela. Não são, ainda assim, elementos essenciais à percepção do rumo da história de Aeron.
Há também uma história para lá do romance e a aparição dos restantes Senhores do Submundo cria também vários bons momentos. Não têm tanto destaque como em livros anteriores, é certo, mas os seus momentos de protagonismo permitem vislumbrar não só o conflito com os Caçadores de uma perspectiva mais global, mas reunir pistas para o que virá nos próximos volumes, além de tornar mais visíveis os laços que existem entre os habitantes da Fortaleza.
De leitura agradável e com uma história cativante, Paixão Escura acrescenta novos elementos a um sistema já bastante interessante, ao mesmo tempo que desenvolve um romance equilibrado entre a sensualidade e o afecto, com as medidas certas de conflito, acção e emoção. Gostei de ler, portanto.

As Leituras do Corvo :: Paixão Escura (Gena Showalter)

As Leituras do Corvo
paixaoescura.jpg
Durante semanas, a presença invisível que parecia acompanhar os seus movimentos disse a Aeron que alguma entidade fora enviada para o eliminar. Mas quando essa figura se materializa na forma de Olivia, que afirma ter caído dos céus por se ter recusado a magoá-lo, Aeron tem dificuldades em acreditar. O problema é que o seu demónio - e também uma parte de si mesmo - tem uma opinião bem diferente. Agora, e ao mesmo tempo que ele e os seus amigos têm de lidar com a sempre mutável ameaça dos Caçadores, Aeron tem de encontrar uma solução para o problema que é ter Olivia na sua vida, ciente de que não lhe resta muito tempo e que todos os acordos possíveis implicam perdê-la...
Para quem acompanha esta série desde o início, não será surpreendente que, mais uma vez, o romance e a sensualidade tenham o protagonismo ao longo de grande parte da narrativa. É a evolução da relação entre Aeron e Olivia o foco central da história e é também esta dupla a proporcionar os melhores momentos de todo o livro, não só a nível de crescimento da atracção, mas principalmente na evolução dos afectos, culminando numa fase final onde o tal amor que é protagonista se revela de uma forma particularmente intensa, tendo como força essencial o espírito de sacrifício. Mas nem só de emoção e de atracção vive o enredo romântico e os óbvios contrastes entre a natureza dos dois protagonistas servem também para criar alguns agradáveis momentos de humor.
Também interessante na relação dos protagonistas é a forma como esta permite inserir novos elementos ao sistema dos Senhores do Submundo. Há novas revelações a ocorrer sobre os Caçadores - e é Olivia enquanto ente invisível que teve os meios de obter a informação. E há ainda o papel da própria Olivia enquanto anjo caído a servir de base para explorar um elemento até então pouco desenvolvido - a hierarquia celestial e a Única Divindade Verdadeira. Fica, neste aspecto, a impressão de algo por dizer, já que a história do anjo Lysander (referida várias vezes ao longo do livro) é contada na novela "The Darkest Angel". Fica, pois, a sensação de alguns elementos que soariam menos estranhos com uma leitura prévia dessa novela. Não são, ainda assim, elementos essenciais à percepção do rumo da história de Aeron.
Há também uma história para lá do romance e a aparição dos restantes Senhores do Submundo cria também vários bons momentos. Não têm tanto destaque como em livros anteriores, é certo, mas os seus momentos de protagonismo permitem vislumbrar não só o conflito com os Caçadores de uma perspectiva mais global, mas reunir pistas para o que virá nos próximos volumes, além de tornar mais visíveis os laços que existem entre os habitantes da Fortaleza.
De leitura agradável e com uma história cativante, Paixão Escura acrescenta novos elementos a um sistema já bastante interessante, ao mesmo tempo que desenvolve um romance equilibrado entre a sensualidade e o afecto, com as medidas certas de conflito, acção e emoção. Gostei de ler, portanto.

As Leituras do Corvo :: Paixão Escura (Gena Showalter)

As Leituras do Corvo
paixaoescura.jpg
Durante semanas, a presença invisível que parecia acompanhar os seus movimentos disse a Aeron que alguma entidade fora enviada para o eliminar. Mas quando essa figura se materializa na forma de Olivia, que afirma ter caído dos céus por se ter recusado a magoá-lo, Aeron tem dificuldades em acreditar. O problema é que o seu demónio - e também uma parte de si mesmo - tem uma opinião bem diferente. Agora, e ao mesmo tempo que ele e os seus amigos têm de lidar com a sempre mutável ameaça dos Caçadores, Aeron tem de encontrar uma solução para o problema que é ter Olivia na sua vida, ciente de que não lhe resta muito tempo e que todos os acordos possíveis implicam perdê-la...
Para quem acompanha esta série desde o início, não será surpreendente que, mais uma vez, o romance e a sensualidade tenham o protagonismo ao longo de grande parte da narrativa. É a evolução da relação entre Aeron e Olivia o foco central da história e é também esta dupla a proporcionar os melhores momentos de todo o livro, não só a nível de crescimento da atracção, mas principalmente na evolução dos afectos, culminando numa fase final onde o tal amor que é protagonista se revela de uma forma particularmente intensa, tendo como força essencial o espírito de sacrifício. Mas nem só de emoção e de atracção vive o enredo romântico e os óbvios contrastes entre a natureza dos dois protagonistas servem também para criar alguns agradáveis momentos de humor.
Também interessante na relação dos protagonistas é a forma como esta permite inserir novos elementos ao sistema dos Senhores do Submundo. Há novas revelações a ocorrer sobre os Caçadores - e é Olivia enquanto ente invisível que teve os meios de obter a informação. E há ainda o papel da própria Olivia enquanto anjo caído a servir de base para explorar um elemento até então pouco desenvolvido - a hierarquia celestial e a Única Divindade Verdadeira. Fica, neste aspecto, a impressão de algo por dizer, já que a história do anjo Lysander (referida várias vezes ao longo do livro) é contada na novela "The Darkest Angel". Fica, pois, a sensação de alguns elementos que soariam menos estranhos com uma leitura prévia dessa novela. Não são, ainda assim, elementos essenciais à percepção do rumo da história de Aeron.
Há também uma história para lá do romance e a aparição dos restantes Senhores do Submundo cria também vários bons momentos. Não têm tanto destaque como em livros anteriores, é certo, mas os seus momentos de protagonismo permitem vislumbrar não só o conflito com os Caçadores de uma perspectiva mais global, mas reunir pistas para o que virá nos próximos volumes, além de tornar mais visíveis os laços que existem entre os habitantes da Fortaleza.
De leitura agradável e com uma história cativante, Paixão Escura acrescenta novos elementos a um sistema já bastante interessante, ao mesmo tempo que desenvolve um romance equilibrado entre a sensualidade e o afecto, com as medidas certas de conflito, acção e emoção. Gostei de ler, portanto.
%d bloggers like this: