As Leituras do Corvo :: Liszt – Vida e Obra (Malcolm Hayes)

As Leituras do Corvo

liszt.jpg
Considerado por muitos o maior pianista de sempre, e com uma obra musical vasta e fascinante, Liszt foi uma das figuras essenciais da sua época. Com uma vida atribulada, com fases de uma presença quase triunfal, momentos de um retiro quase completo e uma vida amorosa quase complexa, o percurso do compositor terá sido parte fundamental para o vasto fascínio da sua música. O que este livro apresenta é o percurso da sua vida nas suas diferentes fases, bem como a obra que nasceu dessas diferentes posições perante a vida.
Um dos pontos fortes deste livro é, sem dúvida, a forma como está organizado. Definindo as diferentes fases do percurso de Liszt, e referindo a obra construída em cada uma dessas fases de vida, é possível vislumbrar a influência da vida na obra, ao mesmo tempo que o protagonista dessa vida fascinante vai sendo dado a conhecer. Pelos seus afectos, pelas desilusões, pelo seu retrato aos olhos do mundo, mas também pela convivência e apoio para com outros compositores, pela descoberta de uma espiritualidade religiosa vivida de uma forma muito própria e por uma melancolia que se foi insinuando na sua vida e que se reflecte da música. Todos estes aspectos de uma vida complexa são referidos e o autor apresenta-os de forma clara, percorrendo a vida de Liszt nas suas diferentes experiências e tornando-a, de certa forma, próxima ao apresentar vários excertos da correspondência do compositor.
Sendo uma biografia bastante esclarecedora, é também interessante notar que todos os elementos e pormenores apresentados propiciam a uma maior compreensão da música de Liszt. É fácil, aliás, ouvindo os cds que acompanham esta edição, associar a maravilhosa diversidade da obra à experiência dos seus diferentes períodos de vida. Trata-se, portanto, de uma leitura que permite apreciar a obra de Liszt de uma forma diferente e também este é um ponto favorável a uma obra que é, por si só, muito interessante.
Fica, pois, desta biografia a impressão de um livro que, escrito de forma cativante e que, apesar de relativamente sucinto, apresenta uma visão bastante completa da vida e obra de Liszt, será uma leitura muito interessante para os apreciadores de música clássica. Gostei.

As Leituras do Corvo :: Liszt – Vida e Obra (Malcolm Hayes)

As Leituras do Corvo
liszt.jpg
Considerado por muitos o maior pianista de sempre, e com uma obra musical vasta e fascinante, Liszt foi uma das figuras essenciais da sua época. Com uma vida atribulada, com fases de uma presença quase triunfal, momentos de um retiro quase completo e uma vida amorosa quase complexa, o percurso do compositor terá sido parte fundamental para o vasto fascínio da sua música. O que este livro apresenta é o percurso da sua vida nas suas diferentes fases, bem como a obra que nasceu dessas diferentes posições perante a vida.
Um dos pontos fortes deste livro é, sem dúvida, a forma como está organizado. Definindo as diferentes fases do percurso de Liszt, e referindo a obra construída em cada uma dessas fases de vida, é possível vislumbrar a influência da vida na obra, ao mesmo tempo que o protagonista dessa vida fascinante vai sendo dado a conhecer. Pelos seus afectos, pelas desilusões, pelo seu retrato aos olhos do mundo, mas também pela convivência e apoio para com outros compositores, pela descoberta de uma espiritualidade religiosa vivida de uma forma muito própria e por uma melancolia que se foi insinuando na sua vida e que se reflecte da música. Todos estes aspectos de uma vida complexa são referidos e o autor apresenta-os de forma clara, percorrendo a vida de Liszt nas suas diferentes experiências e tornando-a, de certa forma, próxima ao apresentar vários excertos da correspondência do compositor.
Sendo uma biografia bastante esclarecedora, é também interessante notar que todos os elementos e pormenores apresentados propiciam a uma maior compreensão da música de Liszt. É fácil, aliás, ouvindo os cds que acompanham esta edição, associar a maravilhosa diversidade da obra à experiência dos seus diferentes períodos de vida. Trata-se, portanto, de uma leitura que permite apreciar a obra de Liszt de uma forma diferente e também este é um ponto favorável a uma obra que é, por si só, muito interessante.
Fica, pois, desta biografia a impressão de um livro que, escrito de forma cativante e que, apesar de relativamente sucinto, apresenta uma visão bastante completa da vida e obra de Liszt, será uma leitura muito interessante para os apreciadores de música clássica. Gostei.
%d bloggers like this: